Cat-1

Cat-2

Cat-3

Cat-4

Latest Posts

A Proclamação da República Brasileira foi um levante político-militar ocorrido em 15 de novembro de 1889 que instaurou a forma republicana federativa presidencialista do governo no Brasil, derrubando a monarquia constitucional parlamentarista do Império do Brasil e, por conseguinte, pondo fim à soberania do imperador D. Pedro II. Foi, então, proclamada a República do Brasil.
A proclamação ocorreu na Praça da Aclamação (atual Praça da República), na cidade do Rio de Janeiro, então capital do Império do Brasil, quando um grupo de militares do exército brasileiro, liderados pelo marechal Manuel Deodoro da Fonseca, destituiu o imperador e assumiu o poder no país.

Foi instituído, naquele mesmo dia 15, um governo provisório republicano. Faziam parte, desse governo, organizado na noite de 15 de novembro de 1889, o marechal Deodoro da Fonseca como presidente da república e chefe do Governo Provisório; o marechal Floriano Peixoto como vice-presidente; como ministros, Benjamin Constant Botelho de Magalhães, Quintino Bocaiuva, Rui Barbosa, Campos Sales, Aristides Lobo, Demétrio Ribeiro e o almirante Eduardo Wandenkolk.


Foi recomendado que, por ocasião da Arba'in de Imam Hussein e seus companheiros dedicados visita aos túmulos da Santa Imam e os mártires da tragédia de Karbala devem ser pagos. O dia daArba'in é um dos dias mais visitadas da cidade sagrada de Karbala.

Os muçulmanos e os Shi'ah em particular, chegar a esse lugar glorioso de diferentes partes do mundo e enviar saudações aos grandes e magnânimos pessoas que realizaram os feitos de maior, bravura, dedicação e honra. Claro, as cerimônias de homenagem pode ser executada e fixação de um para a sagrada missão dos mártires pode ser expresso em quaisquer palavras e linguagem.

No entanto, será muito melhor que o que chegou até nós desde os líderes da religião no que diz respeito às cerimônias de pagar a homenagem deve ser realizada da mesma forma em que foi recomendado pelo Santo Profeta e os Imames Santos e as súplicas mencionadas no próprio Alcorão deve ser dada preferência sobre os outros.

Como lamentável é que, por exemplo, as pessoas vêm de lugares distantes para pagar a homenagem ao túmulo sagrado do oitavo Imam, mas durante a sua estadia em Mashhad por alguns dias eles não recitar nada, exceto a homenagem comum preparado pelo vendedores e permanecem privados de ler todos os homenagens cotados das Sagradas imames.


O Irã e a Rússia preparam, até o final do ano, um quadro legal para um projeto destinado a fornecer gás natural do Irã à Índia e passará ao trabalho prático em 2018, disse o ministro russo da Energia, Alexander Novak.

Novak também disse que o Gazprom da Rússia (GAZP.MM) planeja produzir gás natural no Irã e vai construir um gasoduto de 1.200 km (750 milhas) do Irã para a Índia, informou RIA Novosti.

A Rússia detém grandes depósitos de gás no Irã e ofereceu exportações de gás do Paquistão e Índia, colocando um gasoduto offshore que passará por Gwadar Port, disse recentemente um funcionário russo.

A Índia já assinou um memorando de entendimento (MoU) com a Rússia para importação de gás. Separadamente, o Paquistão e a Rússia assinaram recentemente um MoU para fornecimento de gás no âmbito de um acordo intergovernamental.

Segundo a Gazprom, o MoU com a Índia reflete o interesse de ambas as partes em identificar conjuntamente a rota para o gasoduto, além de oportunidades de cooperação em outras áreas.





Igor Sechin da gigante do petróleo da Rússia, Rosneft, disse que assinou um acordo com a National Iranian Oil Company (NIOC) para implementar projetos "estratégicos" no Irã.

Igor Sechin disse na quarta-feira que o acordo abriu o caminho para que documentos legais sejam assinados dentro de um ano, de acordo com a Reuters.

O resultado dos projetos conjuntos, com investimentos totais no valor de US $ 30 bilhões, é visto planando em 55 milhões de toneladas por ano (1,1 milhão de barris por dia), acrescentou.

Ainda não está claro como os investimentos serão divididos entre as duas empresas.

Desde a entrada em vigor em janeiro de 2016 do Plano Integrado Conjunto de Ação (JCPOA), um acordo nuclear entre o Irã e o Grupo 5 + 1 (Rússia, China, EUA, Grã-Bretanha, França e Alemanha), Teerã e Moscou aumentaram esforços para impulsionar o comércio bilateral.

O Irã e a Rússia também formaram uma forte aliança nos últimos anos, com ambos apoiando o governo sírio contra a militância apoiada pelo estrangeiro.



Com o sucesso das rodadas do leilão pré-sal, a agência reguladora revisou estimativas de receita em R$ 200 bilhões

Na sequência do grande interesse demonstrado pelas empresas que participaram das recentes rodadas de leilões pré-sal, a Agência Nacional de Petróleo, Biocombustíveis e Gás Natural (ANP) recalculou suas projeções sobre a quantidade de receita que o governo receberá com a exploração de os seis blocos leiloados na última sexta-feira (27). As estimativas das receitas fiscais a serem cobradas da exploração nessas áreas foram aumentadas em R $ 200 bilhões para R $ 600 bilhões.

"Com as ofertas que tivemos, esta previsão foi revisada e poderia atingir R $ 600 bilhões. Estes números mostram o sucesso dos leilões ", disse o diretor da agência reguladora, Décio Oddone, em um evento realizado no Rio de Janeiro. Estimativas anteriores, incluindo o pagamento de royalties e outros impostos, prevêem R $ 400 bilhões em receita tributária nos próximos 30 anos.

Na prática, isso significa um maior potencial para a produção de petróleo e, mais importante, para melhorias para a sociedade, especialmente nos estados e municípios que dependem da exploração de petróleo e gás como sua principal atividade econômica.

A parcela da produção futura dos blocos cuja receita será oferecida ao governo federal (ou seja, os critérios escolhidos para determinar os concorrentes vencedores) atingiu 80%, muito além do mínimo estabelecido para os blocos. Somente os bônus de assinatura totalizaram R $ 6,15 bilhões.

De acordo com Oddone, a previsão revisada deve ser confirmada se as condições atuais para a atividade no setor permanecerem. "Se as condições que prevemos anteriormente continuem a ser aplicadas, com as percentagens oferecidas no leilão, as receitas esperadas são cerca de R $ 200 bilhões mais do que o estimado anteriormente para os 30 anos após a produção começar nos poços", disse ele.

Com a retomada dos leilões de petróleo, o país agora pode esperar uma maior atratividade para os investimentos e o dinamismo no setor de petróleo e gás, que foi muito afetado pela recessão econômica e um cenário desafiador no setor nos últimos anos.

http://www.brazilgovnews.gov.br


O embaixador do Irã no Brasil, Sayed Ali Saghayean se reuniu com a Luislinda Dias de Valois Santos, a ministra de Estado de Direitos Humanos do Brasil.

Neste encontro, ele aludiu às realidades da sociedade iraniana no campo dos direitos humanos, incluindo os direitos das mulheres e das minorias. Saghayean entregou ainda uma cópia da Declaração de Direitos de Cidadania assinada por Presidente Rouhani.

Embaixador do Irã pediu também a intensificação as relações culturais e interações entre os dois países na matéria de direitos humanos e o estabelecimento de dialogo em diretos humanos e ao mesmo tempo estendeu um convite oficial à ministra para visitar o Irã.

A ministra dos Direitos Humanos do Brasil, por sua vez, congratulou-se com a evolução positiva no Irã, chamou para o aumento da cooperação bilateral e intercâmbio cultural e o uso das experiências de ambos os países de acomodação dos refugiados, da luta contra as drogas e manifestou sua disponibilidade para realizar uma visita oficial ao Irã.


O governo brasileiro associou-se hoje à Agência Internacional de Energia (AIE), uma plataforma global de diálogo e fonte de intercâmbio de dados de última geração no setor de energia.

Um comunicado divulgado pelo Ministério das Relações Exteriores do Brasil destacou que o acordo faz parte da estratégia do país para "fortalecer a interação entre países num contexto de crescente importância do diálogo sobre a energia na arena internacional".

"O estatuto de país associado simplifica a comunicação com a agência, seus integrantes e demais países associados e regula a participação do Brasil em reuniões ministeriais, comités e em grupos de trabalho", completou.

O Governo brasileiro informou ainda que com a parceria terá maior oferta de treinamentos e cursos na área de energia, poderá receber visitas de especialistas para fazer diagnósticos de setores específicos e receberá resultados de estudos de ponta a que antes não tinha acesso.

A AIE, organização internacional fundada em 1974, ligada à Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico (OCDE), é uma plataforma para o diálogo e fonte de troca de dados no setor de energia.

Atualmente, a organização conta com 29 membros, entre os quais Portugal.







O porta-voz do Ministério dos Negócios Estrangeiros iraniano, Bahram Qasemi, condenou o ataque terrorista de terça-feira no distrito de Manhattan, na cidade de Nova York.

Abordar a questão da luta contra o terrorismo com honestidade e seriedade continua a ser o único meio de desarraigar o fenômeno", disse Qasemi.

"Adotar uma tática hostil e matar civis inocentes e indefesos nas ruas e locais públicos demonstra a quantidade de terroristas são brutais, impiedosos e cruéis em sua abordagem", acrescentou.

"Os terroristas provaram que não obedecem a nenhum princípio moral e humano", observou.





Um funcionário da Zona Franca Anzali do Irã disse na sexta-feira que 20 hectares de terras da Zona Econômica Especial de Astrakhan da Rússia foram alocados para empresas iranianas.

O pedaço de terra na Zona Econômica Especial da Lotus está sendo atribuído a empresas iranianas com base no memorando de entendimento (MoU) assinado entre a Zona Franca de Anzali e a Lotus, de acordo com Amin Ofoqi, chefe do departamento de relações públicas e internacionais da zona livre.

"Com a alocação, a região industrial será transformada em um centro para o processamento dos produtos semi-acabados iranianos e sua exportação para os países euro-asiáticos", acrescentou.

"As empresas iranianas terão acesso aos mercados dos países ao menor custo e gozam do bônus especial específico para o Lotus, incluindo as isenções previstas para troca comercial com empresários euro-asiáticos", disse o funcionário.

Diretor da Organização da Zona Franca de Anzali (na província do norte de Gilan), Reza Masroor, e sua homóloga no Lotus Sergey Milushkin, disseram que o movimento foi um passo para impulsionar as relações econômicas e comerciais entre o Irã e a Rússia.

Astrakhan é uma cidade no sul da Rússia, na costa norte do Mar Cáspio, com uma população em torno de 530 mil.


Ministro iraniano de Estrada e Desenvolvimento Urbano Abbas Akhoundi e Ministro da Rússia dos Assuntos do Cáucaso do Norte Lev Kuzentsov em uma reunião em Moscou pediu o reforço da cooperação mútua nos campos econômicos e comerciais.

Durante a reunião na capital russa na sexta-feira, Akhoundi e Kuzentsov pediram o reforço da cooperação entre o Cáucaso e as províncias do Norte do Irã.

Os dois ministros discutiram os laços bilaterais, incluindo economia, comércio, turismo, transporte e transporte marítimo.

Akhoundi disse que o reforço da cooperação levaria a florescer a indústria naval no Mar Cáspio no âmbito da cooperação mútua, bem como o estabelecimento de voos comerciais e de passageiros entre o Cáucaso do Norte e as províncias do Norte do Irã.

Kuzentsov, por sua vez, pediu mais cooperação entre o Irã e as províncias de maioria muçulmanas e repúblicas da Rússia sobre agricultura e produtos alimentícios, argumentando que a indústria Halal é apenas um dos campos potenciais para a cooperação entre as regiões e o Irã.





Tahchin, que normalmente é servido como prato principal, pode ser cozido com recheios diferentes.

Os pratos iranianos são excelentes para fazer pessoas que nunca as tentaram se apaixonar pela primeira mordida. A combinação única de especiarias e aromas com uma grande variedade de vegetais, ervas, frutas, grãos, nozes, carne e, mais importante, o arroz só precisa da varinha da cozinha iraniana para realizar magia e deixar uma explosão de sabores inesquecíveis na boca. O cheiro delicioso, o olhar delicioso e o sabor perfeitamente agradável tornam quase impossível resistir a eles. Para compartilhar as delícias gastronômicas do Irã, o IFP decidiu apresentar uma série de receitas deliciosas para pratos iranianos.

O Tachin é um prato de arroz aromatizado com açafrão que pode aparecer em uma ou algumas camadas com recheios diferentes, incluindo frango, amendoim, espinafres fritos e cebolas, cordeiro ou uma mistura opcional deles. Também pode ser cozido em uma camada sem enchimento. As seguintes são instruções para cozinhar o prato com um enchimento de galhos e barracas.

Ingredientes:

Serve 4

1. Quatro copos de arroz (400 gramas)

2. Quatro a cinco gemas de ovo

3. 300 gramas de ervas planas

4. 300 gramas de peito de frango - Para dar um sabor agradável, você pode cozinhar com algumas varas de aipo, uma cenoura, uma cebola, alguns dentes de alho e sal a gosto. Corte a galinha cozida em pedaços. Você pode marinar as peças em iogurte aromatizado com açafrão uma noite antes, se quiser.

5. Uma colher de chá cheia de açafrão - Você precisará de um pilão e argamassa para moer em pó; O pó não deve ser preparado com bastante antecedência, pois perderá parte do seu cheiro aromático. É melhor você preparar com um pouco de água quente para ter uma melhor cor e aroma. Quanto mais açafrão é usado no prato, mais amarelo escuro será a refeição final.

6. ½ xícara de óleo / manteiga derretida

7. 50 gramas de ameixeiros - Embeba as ameiras por cerca de 10 minutos, depois enxágue e drene-as. Adicione uma colher de sopa de açúcar, uma colher de sopa de óleo e uma colher de sopa de açafrão e deixe a mistura por meia hora. Depois disso em uma frigideira em fogo baixo, frite-os por cerca de dois minutos apenas para deixá-los aquecer.

8. Pistachos temperados a gosto como guarnição

9. Salar ao gosto



Como cozinhar Tahchin

1. Enxágüe o arroz com água morna algumas vezes, depois remova-o por algumas horas em água, a que foram adicionadas quatro colheres de sopa de sal. Traga um pouco de água para ferver em uma panela. Drene a água salgada do arroz e adicione o arroz à água fervente. Deixe o arroz na água fervente até ser al dente. O arroz não deve ser nem muito nem muito macio; deve ser firme e levemente chewy. Evite cozinhar excessivamente o arroz.

2. Em uma tigela grande, bata as gemas, o azafrão, o iogurte liso e o óleo. Adicione sal à mistura a gosto. Em seguida, adicione o arroz e misture-os completamente.

3. Pegue um prato de vidro seguro para o forno [porque é mais fácil verificar o Tahchin e descobrir quando o lado e o lado do prato ficaram dourados e crocantes] e engrená-lo bem. Com uma espátula, espalhe uma camada da mistura uniformemente no fundo do prato. Pressione a primeira camada para baixo com a parte de trás da espátula e, em seguida, cubra-a com pedaços de frango e barracas fritas.

Coloque os barberries em direção ao centro, porque eles costumam queimar se estiverem perto dos lados do prato. Coloque outra camada da mistura no topo. O número de camadas depende da profundidade do seu prato. O que é importante é que cada camada deve ser espalhada uniformemente e pressionada firmemente para baixo, de modo que seu Tahchin não desmorone finalmente. Despeje algumas colheres de manteiga derretida sobre a última camada, se quiser. Cubra o prato com papel de prata. Você pode fazer alguns pequenos orifícios na folha para deixar o vapor desaparecer enquanto ele está sendo preparado no forno.

4. Pré-aqueça o forno a 180 ° C por um quarto. Coloque o prato no forno. Geralmente leva entre uma a duas horas para estar pronto. Você precisa verificar o prato após uma hora e retirá-lo quando uma crosta dourada e crocante é formada na parte inferior e nos lados.

5. Retire o prato do forno e deixe esfriar por alguns minutos. Coloque o prato de servir de cabeça para baixo no prato e, em seguida, vire-o para que a crosta dourada crocante esteja no topo. Se você deixar de engrasar o prato, Tahchin não irá sair facilmente.

6. Você pode enfeitar o prato com amêijoas fritas e pistachios assados.



Bom apetite!


A feijoada é um dos pratos mais famosos da culinária brasileira. O mesmo consiste na mistura de feijão preto, carne de porco, farofa, entre outros ingredientes.

De fato, a história dessa iguaria é objeto de confusão para muita gente graças a uma explicação popular inverídica de que o prato teria sido criado pelos escravos.

Segundo essa lenda contemporânea, os senhores não comiam as partes menos nobres do porco, como orelhas e pés, e davam tais pedaços aos escravos. Como a alimentação dos mesmos era baseada apenas em cereais, como milho e feijão, estes resolveram pegar as partes do porco que eram rejeitadas e juntá-las ao feijão.

Ingredientes
1,5kg de feijão preto
5 linguiças
3 pedaços médios de bacon
1kg de costela de porco salgada
1kg de lombo de porco salgado
1/2kg de costela de porco fresca
1/2kg de lombo de porco fresco
1kg de carne seca
2 pés,
2 orelhas
2 rabos
2 línguas de porco (todos salgados)
2 cebolas grandes picadas
4 dentes de alho picado
6 folhas secas de louro
1 laranja descascada (sem a parte branca e sem sementes)

Molhinho de pimenta
1 tomate
1 pimenta vermelha dedo de moça
1/2 xícara (chá) de salsinha e cebolinha picada
4 pimentas de cheiro

Arroz
6 xícaras (chá) de arroz (cru)
1 cebola pequena
2 dentes de alho picadinho
2 colheres (sopa) de óleo

Farofa
1 pacote grande de farinha biju (ou de mandioca torrada normal)
2 linguiças calabresa picadas
1 xícara (chá) de bacon picado em quadradinhos
1 pacote de manteiga sem sal (200g)
1 ovo
3 colheres (sopa) de azeitona verde picada
1/2 cebola picada
1 dente de alho picado

Couve
4 maços de couve picada fina
8 dentes de alho
Óleo para refogar



Modo de preparo
12 horas antes de servir pegue todas as carnes salgadas (costela, lombo, carne seca e apêndices do porco) e pique o que estiver inteiro (não precisa picar pequeno, seja generoso nos pedaços).
Lave as carnes picadas pra tirar o excesso de sal e coloque de molho em bastante água.
Se quiser e couber na panela, pode misturar as carnes.
Escolha o feijão, lave e coloque de molho cobrindo completamente de água.
Não coloque água ou feijão até a borda da vasilha.
Se a vasilha não for grande, coloque em 2.
No dia de servir ou 12 horas depois, jogue a água das carnes fora, lave todas muito bem, devolva tudo pras panelas com bastante água e coloque pra ferver.
Quando ferver, jogue a água fora, lave tudo, coloque mais água e ferva de novo.
Separe as carninhas, já vamos usá-las.
Enquanto as carnes fervem, prepare o resto dos ingredientes da feijoada e deixe no jeito.
Corte as carnes frescas em pedaços não muito pequenos, corte as linguiças em rodelas, o bacon em pedaços pequenos, pique a cebola e o alho e descasque a laranja.
Prontas as carnes, pegue suas panelas de pressão e faça um bem-bolado em cada panela, distribuindo os ingredientes: Coloque feijão, um mix das carnes dessalgadas (um pouco de cada), carnes frescas, linguiça e o bacon.
Adicione 2 folhas de louro e 1/4 da laranja descascada.
Coloque a panela fechada no fogo e, depois que "chiar", conte 15 minutos.
Não deixe "só mais um pouquinho", senão o feijão dissolve.
Nada de sal, nada de nenhum tipo de tempero na panela de pressão.
Enquanto as panelas de pressão estão no fogo cozinhando sua pré-feijoada, prepare o refogado no panelão que vai receber o que sair das panelas de pressão.
Coloque óleo na panela, esquente, coloque a cebola picada, refogue um pouco até amolecer.
Coloque o alho e misture até dourar bem de leve e desligue o fogo. só depois que o conteúdo de todas as panelas de pressão estiver na panelona é que você vai começar a cozinhar a feijoada propriamente dita.
Tudo cozido nas panelas de pressão? misture na panelona, mexa bem e coloque no fogo médio. experimente e conclua que não precisa de um pingo de sal.
Mexa de vez em quando (cuidado com o fundo) com aquela colher grande e deixe apurar.

Farofa
Pegue uma das frigideiras grandes e coloque metade da manteiga, deixe derreter mas não queimar.
Junte o bacon picado e refogue até dourar.
Junte a linguiça picada e deixe dourar.
Adicione a cebola picada, depois o alho, depois a azeitona.
Quando estiver tudo refogadinho, abra um "buraco" no meio da frigideira e quebre um ovo com cuidado.
Mexa o ovo rapidamente, procurando criar pedacinhos de ovo que vão se misturar na farofa
Junte o restante da manteiga e, quando derreter, coloque a farinha de mandioca e misture como se sua vida dependesse disso. a idéia é que fique tudo bem misturado e que a farinha não queime, então tenha cuidado com o fogo, pode abaixar um pouco e misturar bem.
Um pouco de sal pode ser necessário, experimente.
Quando estiver tudo misturadinho pode tirar do fogo.
Corte a couve bem fininha.
Aqueça o óleo na frigideira e coloque o alho picado. atenção, quando dourar o alho, coloque a couve (pode pôr bastante, ela reduz pra menos de 1/4 do volume original), salpique sal, aumente o fogo e mexa bastante até a couve murchar e ficar verde bem escura.
Só faça ela mudar de cor, rapidamente, e tire do fogo.
Aqueça um pouco de óleo e coloque cebola picadinha, depois alho e depois tomate picado.
Deixe refogar e quando o tomate estiver molengo junte as pimentas picadas.
Misture um pouco e coloque 4 conchas de caldo de feijão (com uns feijõezinhos, sem exagerar) nessa mistura e mexa bem. se precisar, amasse com o garfo os pedaços de tomate e feijão, faça um molho denso mas não muito grosso e separe pra servir em molheira.
Aqueça o óleo, junte a cebola e o alho picadinhos (pode usar só alho, se quiser), coloque o arroz.
Mexa bem o arroz, misturando o óleo e os temperos.
Quando os grãos de arroz estiverem ficando transparentes, coloque a água.
coloque 1 colher (sopa) rasa de sal (pra essa quantidade), misture, experimente a água (lembrando que depois o sal fica mais presente), deixe em fogo médio com a panela semi-tampada.
Quando o arroz estiver seco em cima, tire a tampa e fique esperto.
Confira de vez em quando se a água acabou.
Desligue e sirva.

Rendimento: 20 porções



https://www.comidaereceitas.com.br





FESTURIS

29ª Festuris Gramado - Feira Internacional de Turismo

09 a 12 de novembro de 2017

Feira / Internacional / Anual

Linhas de Produtos e/ou Serviços:

operadores, gestores de viagens, companhias aéreas, marítimas, locadoras de veículos, entidades de classe, entretenimento, hotéis, consolidadores, dmc, tmc, comunicação e tecnologias afins. Com cerca de 2500 expositores, será aberto(a) somente a empresários das 08:00 às 20:00.

Promoção: Rossi Zorzanello Feiras e Empreendimentos

Local: Serra Parque - Gramado - RS

http://www.festurisgramado.com.br



Contato: comercial@rossiezorzanello.com.br


ABF FRANCHISING EXPO NORDESTE

6ª Feira Internacional de Negócios de Franquias

08 a 10 de novembro de 2017

Feira / Internacional / Anual

Linhas de Produtos e/ou Serviços:

alimentação, fornecedores, acessórios pessoais, calçados, escolas de idiomas, educação, treinamento, vestuário,

hotelaria, turismo, móveis, decoração, presentes, cosméticos, perfumaria, negócios, serviços, conveniência,

livrarias e papelarias. Com cerca de 200 expositores, será aberto(a) ao público das 16:00 às 22:00.

Promoção: BTS Informa

Local: Centro de Convenções de Pernambuco - Olinda - PE

http://www.abfexponordeste.com.br



Contato: visitante.abfne@informa.com

No período de cinco meses deste ano, o Irã exportou US $ 121 milhões em frutos do mar, o que mostra um aumento de 28% em relação ao mesmo período do ano passado.

Isa Golshahi, diretor-geral de melhoria da qualidade da Organização das Pescas do Irã, disse que em termos de peso, as exportações de frutos do mar do país atingiram 39 mil toneladas no período de 21 de março a 22 de agosto de 2017.

Segundo ele, a quantidade de atum enlatado exportado nesse período foi de cerca de 350 toneladas no valor de US $ 1,6 milhão de dólares. Ele observou que 800 milhões de toneladas de atum enlatado no Irã são produzidas anualmente em províncias como Sistan e Baluchestan, Hormozgan, Isfahan, Gilan e Alborz.

Golshahi descreveu o Irã como o maior fazendeiro de atum no oeste do Oceano Índico, dizendo que os pescadores iranianos pegaram cerca de 200 mil toneladas de atum em um ano.

"No ano passado, exportamos 110 mil toneladas de frutos do mar, incluindo peixes e camarões, e nossas principais exportações de frutos do mar para a Rússia incluíram trutas e camarões", disse ele, acrescentando que as exportações arrecadaram mais de US $ 412 milhões.

Golshahi afirmou ainda que o Irã é o maior produtor de trutas de água doce no mundo, dizendo que o país começou recentemente a produzir esse tipo de peixe na água do mar.


O Filband é uma das mais altas aldeias de “bungalows” da província do norte de Mazandaran, no Irã, localizada no sul da cidade de Babol e a 2700 metros acima do nível do mar.

A variabilidade do clima, beleza da natureza, paisagens estranhas e surpreendentes é o mais atraente em Filband Village.

O povo desta região é tão forte e cheio de corpo, isso é por causa do consumo da água das fontes que contém um fluido suficiente.

A aldeia de Filband também é chamada de telhado de mazandaran; devido à sua alta altitude a partir do nível do mar, o Filband tem invernos extremamente frios. Nos verões, a vila tem um clima agradável e hospeda muitos convidados e alpinistas.

O tempo em Filband dificilmente pode ser previsto, e muitas condições meteorológicas diferentes às vezes podem ser experimentadas em um dia. Por exemplo, na primavera e no outono, em uma metade do dia, todos os fenômenos atmosféricos, como nuvem, névoa, chuva, neve, aguaceiro, granizo, arco-íris, claro e ensolarado, sem manchas de nuvem podem ser observados. É por isso que a aldeia Filband é um lugar único para os turistas.

Em Filband, foi criada uma pousada onde os turistas podem descansar na primavera e no verão. A maioria das casas da aldeia são cobertas por macios bosques e azulejos coloridos.










Cumprimentamos a todos os interessados na série Venha conosco ao Irã. Convidamos a todos vocês a nos acompanhar em mais um post desta série.

O Irã é conhecido por ser uma terra que contêm diferentes atrações naturais e pelo seu clima variado, herdeiro de múltiplas obras históricas pertencentes a diferentes épocas. Para quem pensar em viajar para qualquer parte deste amplo território poderá observar várias obras e monumentos, pertencentes à época pré e pos-islâmica, e ainda poderá desfrutar de uma ampla variedade de famosas obras e monumentos de artes.

No programa de hoje visitaremos a cidade do norte do Irã. As planícies do mar Caspio com mais de 600 quilômetros de longitude, nas cordilheiras montanhosas com paisagens maravilhosas onde se encontra as cidades de povos hospitaleiros carinhosos e muito acolhedores. E também faz parte de uma das mais importantes regiões turísticas e de diversão do Irã. A região verde e apaixonante no norte do Irã na costa do mar Caspio, está incluído às províncias de Guilan, Mazandaran e Golestan . Desta vez, iremos juntos à província de Guilan, ao lado onde se encontram as altas montanhas de Albroz e, do outro, a costa do mar Caspio. Ao longo do tempo sua história ficou muito conhecida, por suas batalhas e lutas de Mirza Kuchak-Jan-e Yangali, que formaram um dos capítulos importantíssimos na história do Irã.

A província de Guilan com uma superfície de 147,000 quilômetros quadrados ao norte do Irã encontra-se à margem do sudeste do mar Cáspio. Guilan delimita se ao norte com o mar Cáspio e com a republica de Azerbaijão, no leste com a província de Ardebil, no sul com as províncias de Zanjan, Qazwin e, finalmente, ao leste delimita se com a província de Mazandaran . A montanha da cordilheira de Alborz que em média mede 3 mil metros de altura, se parece mais com um muro no lado oeste e no sul de Guilan. Esta província está interligada por uma via subterrânea com o planalto do Irã unicamente através do vale de Manjil. Ademas, também está ligada com a província de Mazandaran através da cidade de Chabok-sar ,e a Republica de Azerbaijão através da Cidade de Astara . O clima de Guilan é agradável e semi-árido devido ao mediterrâneo que também tem muito a ver com o clima montanhoso de Alborz com influência do mar Cáspio.

O clima nos arredores do lado norte das montanhas de Alborz e ao lado oriental das montanhas de Talesh, faz muito frio e o ar é praticamente úmido. Esta região é a parte do Irã que mais chove, por isso também é a mais úmida em todo o território persa.

A acumulação de vapor da água do mar Caspio e, as cordilheiras de Alborz e Talesh não deixam disparar as nuvens, gerando assim muitas chuvas que fazem com que o clima seja agradável nesta região.

As correntes atmosféricas no norte provenientes da Sibéria e também as nuvens mediterrâneas têm aumentado demasiadamente as chuvas na região. Cabe mencionar que a temperatura sempre se encontra normalizadas nas encostas de Guilan.

A planície de Guilan é uma das regiões mais férteis do Irã, sobretudo, para cultivar produtos agrícolas, tais como o arroz, o chá e o fumo que ocupa um lugar muito especial entre outras províncias do Irã.

A cordilheira de Alborz e Talesh vem rodeada desde o sul e o oeste da planície de Guilan. E a maior parte das montanhas estão cobertas de árvores e bosques. Os bosques de Guilan são uns dos recursos florestais mais importantes do Irã, já que fazem um papel significativo na economia do país.

Para conhecermos um pouco sobre o antecedente histórico a respeito de Guilan, estudaremos as recentes pesquisas dos arqueólogos. Ultimamente, mediante o descobrimento e sinais de obras que se desvendaram nas escavações da terra, nos mostraram um pouco de como era a civilização há milhares anos. Ainda assim o que os pesquisadores encontraram nos revela a história de milhares anos atrás, no entanto, este caminho nunca chegará ao fim, pois, devemos aceitar que não pode ser datada exatamente a história de Guilan.

Em todo caso, segundo os documentos e as obras descobertas pelos arqueólogos na costa do mar Cáspio, há milhares de anos na parte norte do Irã já existia vida.

Os pesquisadores e historiadores conhecidos como Ernest Hartsfield, Henry Field, Guirishman e Diakonov, segundo vários documentos, demonstraram que a 5 mil anos em Guilan e Mazandaran teria existido uma civilização muito avançada, do que em outras partes da região. E inclusive, alguns deles dizem que Guilan teve uma civilização a mais de 7 mil anos atrás . Outros acham que a civilização de Guilan tem influído em todas as épocas e que lhes afetou também.

Verdadeiramente é que, Guilan e grande parte da costa do mar Cáspio, Mazandaran e Gorgan, entre outros, teria existido uma civilização de mais de milhares de anos. As obras encontradas nas terras de Rahmat-abad, Talesh, Rodbar, Deilam, Amlash e outras partes de Guilan, também conclui a confirmação. Algumas das obras descobertas pertencem a dois mil anos antes do nascimento de Cristo .

O pesquisador australiano, Wiliam Galigian, em seu livro titulado “Os Medos e Persas” confirmou a opinião de outros pesquisadores a respeito, isto é, de que em algumas regiões do Cáspio há 3 mil anos já havia uma grande e esplêndida civilização, e de que o povo daquela época tinham muitos conhecimentos sobre a cultura e arte.

Galigian em seu livro fez referência aos objetos encontrados na colina de Marlik em Guilan e nas aldeias de Amlash e Deliaman , concluindo de que todos os objetos encontrados pertencem à época de quase 900 anos a. C., isto é, a mesma época, das encostas ao norte e ocidentais das montanhas de Alborz que foram sede de uma tribo inteligente e de artistas de longa data que influenciaram as civilizações da Mesopotânia . A iniciativa daquele povo livre e seus estilos estão refletidos nas embarcações de barro.


Do interior da floresta amazônica, pode-se encontrar o verdadeiro significado de aproveitar o contato com a natureza

Visitar a Floresta Amazônica está encontrando o segundo rio mais longo do mundo, o rio Amazonas. Começa no sul do Peru e atravessa quase toda a região norte do Brasil antes de entrar no Oceano Atlântico. Em Manaus, você pode fazer um passeio que o leva ao ponto de encontro de dois de seus afluentes: Rio Negro, com águas escuras e Rio Solimões, água avermelhada. A paisagem é incrível: duas cores distintas que se cruzam para formar o rio Amazonas.

Quase sete mil km de comprimento e mais de mil afluentes, abriga numerosas espécies, algumas ainda não catalogadas. Estima-se que mais de 2,1 mil espécies de peixes vivam na bacia amazônica: como piranhas, aruanãs, pirarucus e muitos outros. A Amazônia também possui a maior coleção de plantas vivas e espécies animais no planeta, o que o torna um santuário verde para ser preservado pela bondade de toda a humanidade.

Ao longo do ano, os turistas podem aproveitar a sazonalidade da floresta das terras baixas (onde comunidades, principalmente responsáveis ​​pela sua conservação, ao vivo), o que permite que você experimente a natureza local em plena temporada, quando é inundada ou seca. As viagens são opções de ecoturismo e incluem caminhadas pela floresta, canoagem para trilhas aquáticas, degustação típica de alimentos, contato com o estilo de vida local das comunidades ribeirinhas e algumas tribos indígenas da Amazônia. Um dos passeios leva você pelo Parque Ecológico do Lago de Janeiro, oferecendo um passeio inesquecível. A porta de entrada para a floresta é Manaus, capital do estado do Amazonas.

http://www.brazilgovnews.gov.br






Com mais de 85 km de praias, festas e tradições populares são as atrações da cidade conhecida como Princesinha do Sul da Bahia na Costa do Cacau

Considerada um dos tesouros do nordeste brasileiro, Ilhéus preserva em suas ruas, vilas e povoados as marcas do passado glorioso da capitania e do apogeu da cultura do cacau.Casarões centenários, igrejas, palácios e outros monumentos formam um precioso conjunto arquitetônico que tornam a cidade um dos principais sítios históricos do litoral brasileiro. Para desfrutar deste potencial turístico, o visitante conta com uma completa infraestrutura formada por aeroporto, rede hoteleira, restaurantes, cabanas de praia, mercado de artesanato, teatros e outros opções de entretenimento e lazer. Soma-se a este conjunto de atrativos a rica cultura local, preservada nas festas e tradições populares. Ilhéus possui mais de 85 km de praias. Sua paisagem é composta por coqueirais e uma extensa faixa de areia fina. O município possui um verdadeiro santuário ecológico, incluindo uma das maiores florestas urbanas do Brasil, manguezais, lagoas, rios, ilhas, restingas e imensa diversidade de fauna e flora. Passear pelas ruas do centro histórico de Ilhéus possibilita um mergulho na literatura de Jorge Amado, experimentando o local que inspirou a construção dos personagens conhecidos em todo o mundo. Quem chega a Ilhéus se depara com um conjunto de igrejas belíssimas que representa o espírito religioso do seu povo. Além dos templos, o município possui um calendário de eventos onde o sagrado e profano se misturam na construção da sua tradição.Mar azul esverdeado de um lado e Mata Atlântica de outro, Ilhéus é o cartão-postal da Costa do Cacau. Também as boas ondas que quebram por ali tornaram a região um dos points do surf do Nordeste brasileiro. Mas Ilhéus também tem águas calmas e areias douradas, como as das praias dos Milionários, do Sul e de São Miguel, ganhou o nome em função das mansões dos barões do café que existiam naquele trecho da orla.





FEIRA DO BEBÊ E GESTANTE - BH

62ª Feira do Bebê e Gestante/Moda Infantojuvenil

07 a 12 de novembro de 2017

Feira / Nacional / Trimestral

Linhas de Produtos e/ou Serviços:

móveis, decoração, enxoval, moda bebê, gestante, brinquedos, puericultrua, kits berços, maternidades,

laboratórios e serviços. Com cerca de 100 expositores, será aberto(a) ao público das 14:00 às 22:00.

Promoção: MG Marketing de Negócios Ltda.

Local: Minascentro - Belo Horizonte - MG

http://www.feirabebeegestante.com.br



Contato: mgmarketing@mgmarketing.com.br

Cat-3

Cat-4

Cat-5

Cat-51

Cat-6

Cat-1

Cat-2